Identificação nacional de todos os veículos entra em circulação.

scania_r_440_series_2009_115_900

Em vigor desde o primeiro dia de janeiro de 2013, todos os veículos emplacados no país passam a contar com modernos dispositivos que asseguram os próprios modelos contra roubos e furtos, evitando assim as fraudes e irregularidades.  O Siniav Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos identifica as informações como a placa, ano e modelo do veículo por meio de antenas espalhadas nas estradas, rodovias e ruas por todo o Brasil, auxiliadas também pelo Simrav Sistema Integrado de Monitoramento e Registro Automático de Veículos que oferece as funções de localização e bloqueio no caso de furto.  A implantação e a fiscalização serão de responsabilidade do Denatran Departamento Nacional de Trânsito. O Siniav foi instituído por resolução do Contran Conselho Nacional de Trânsito com tecnologia de radiofrequência (RFID) e câmeras OCR para reconhecimento, onde o sistema consiste na instalação de um chip de identificação nos veículos e de antenas com capacidade de leitura nas estradas – em estudo de implantação desde 2006.

SONY DSC

O sistema permite a identificação dos veículos independentemente do seu estado de origem e por onde circule, pois quando o veículo cruzar o local onde está a antena, seus dados são gravados e identificado pelo chip e enviados para um servidor, onde as informações ficam disponíveis. A combinação dos registros captados pelas antenas por onde um veículo roubado passou pode ajudar a determinar o seu percurso aproximado, definindo assim em que direção o veículo está seguindo. As informações ajudam as polícias de qualquer Estado (bem como a PRF Policia Rodoviária Federal) a bloquear a rodovia e interceptar os seus infratores. Além do mais o sistema será capaz de verificar (após a leitura do chip) se o veículo está com o licenciamento em dia ou se há multas pendentes ou na hipótese de um mandado judicial. A identificação neste caso independe das condições como tempo, luz, clima e a velocidade do veículo. A nova tecnologia é para os veículos novos e também para os antigos que forem renovar a licença, cujo cronograma pode variar de acordo com o Estado, tendo como prazo a data de junho de 2014 para que 100% da frota estejam operando com o Siniav. A medida vale para todos os veículos nacionais, incluindo caminhões e reboques.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s