Volvo traz para o Brasil o caminhão “Azul” – operando com combustível alternativo GNL

volvo_fm_lng_civ

A Volvo Truck trás para o Brasil um novo produto, visando como alternativa tecnológica a aplicação em teste rodoviário com gás natural liquefeito que diminui em até 10% as emissões de CO2, em comparação aos veículos comerciais que utilizam do Euro 5. ”Esta é uma solução viável e que já esta sendo utilizada em nossa companhia na Europa. Queremos verificar quanto esta tecnologia traz de autonomia e economia ao transporte de cargas no Brasil” – destacou Sergio Gomes, diretor de estratégia de caminhões do Grupo Volvo para a América Latina. A produção seriada em referencia é do modelo “FM” 460 (produzido na Suécia), cuja fabricação foi iniciada ainda no segundo semestre de 2012.  O GNL Gás natural liquefeito (em inglês é referido pela sigla LNG Liquified Natural Gas) é obtido por meio da liquefação do gás natural a uma temperatura de -162 graus Celsius.

volvo-SérgioGomes-14.06.11

O gás em estado liquefeito permite armazenar mais combustível nos tanques em comparação ao GNV Gás Natural Veicular, sendo assim uma alternativa importante para o uso de combustíveis menos poluentes. Nos testes de campo realizados na Europa a Volvo é a primeira montadora de caminhões a adotar este tipo de tecnologia. Além do Brasil, a montadora está testando veículos movidos a diesel-metano na Europa, nos EUA e na Ásia. O objetivo dos testes é conhecer o comportamento da tecnologia diesel-metano aplicado à realidade brasileira. Aqui no Brasil, os testes estão sendo realizados em parceria com a empresa White Martins – líder na produção e comercialização de gases industriais e medicinais e a única no país a liquefazer o gás natural por meio do consórcio formado pela White Martins, GásLocal e Petrobras. “Este projeto faz parte da estratégia da Volvo de apresentar soluções com combustíveis alternativos ao transporte de carga de longa distância. Respeito ao meio ambiente é um dos valores essenciais da marca e estamos sempre trabalhando para desenvolver veículos que produzam o menor impacto ao meio ambiente” – destacou o executivo.

gnl_volvo_civ

O caminhão também pode rodar usando apenas diesel, porém, sem os mesmos ganhos ambientais e econômicos oferecidos pelo gás natural. A tecnologia do motor é baseada no motor diesel convencional equipado com injetores para gás, um tanque de combustível especial, parecido com uma garrafa térmica, que mantém o gás liquefeito e resfriado a -135 graus Celsius, e um conversor catalítico. Os testes realizados pela Volvo na Europa apontam que a tecnologia diesel-metano oferece o mesmo nível de confiabilidade operacional aos caminhões que o motor diesel convencional. A dirigibilidade é similar à de caminhões diesel convencionais. Se o tanque de gás acabar, o sistema automaticamente passa para diesel. O motorista é então alertado por uma luz que acende no painel de instrumentos. (Por Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: Divulgação/Volvo).

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s