Parte da riqueza do Brasil é transportada e segue pelas estradas que são operadas por “quadrilhas especializadas” em assalto e roubo de cargas.

Parte da riqueza do Brasil é transportada e segue pelas estradas que são operadas por “quadrilhas especializadas” em assalto e roubo de cargas.

roub_cg_72 roub_cg_634

As perdas com o roubo de carga e desvio no Brasil atingiu a triste nota de R$ 960 milhões de prejuízos em 2012, conforme dados da NTC & Logística Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística. As cargas mais roubadas por “quadrilhas” e “gangues” em todo o território nacional são: produtos alimentícios, eletroeletrônicos, farmacêuticos, metalúrgicos e químicos, têxteis e confecções, autopeças e combustíveis e cigarros. O modal rodoviário é assim o responsável por 52% do transporte de cargas no país (segundo dados do PNLT Plano Nacional de Logística e Transportes, do Governo Federal).Paulo Roberto de Souza, coronel e assessor de Segurança da NTC destacou em nota: “Há uma demora no repasse das informações pelos Estados da federação, por isso, os dados consolidados mais recentes são os de 2011, que acumularam um montante de R$ 920 milhões em perdas”. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Intruck Transportes Arquivo

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s